terça-feira, 10 de julho de 2018

Aprenda a lidar com os espíritos que te atacam

Prezados, 

Terça passada fui abduzido novamente. Volitei até encontrar um ambiente celeste pouco conhecido. Era uma mistura de deserto com lixão urbano. O local não era muito agradável.

Depois de um tempo, afinei as vistas e na minha tela mental observei pessoas rastejando, algumas sentadas chorando e outras catando cacarecos nos lixos. 

Apareceu andando ao meu lado, um homem alto, de pele negra, com os olhos brilhantes e vestindo uma belíssima túnica vermelha.

Disse ser o Sr. Ossaim, ou Exu Mulambo, ou então Gaspar. Era conhecido por muitos nomes, a mensagem que ele me passou foi a seguinte.

"Quem arrota perfeição, está se alimentando de podridão. Aquele que declama santidade aos quatro cantos, é o maior pecador na intimidade."

Você, meu amigo, está entendendo que é fraco, falho e pecador, ainda bem, pois essa é a única realidade possível na natureza, todo o resto é falso.

Eu disse: Meu Senhor Ossain, estou sendo atacado por todos os lados, como faço para me proteger? Ele respondeu compassivo, mas muito direto.

Ossain: - Fique atento: a Terra é uma bosta.

É o planeta em provas e expiação mais difícil de depurar seus habitantes. O diabo tem várias faces e uma delas é dinheiro, poder, posses. A outra face é a ganância, o ódio, a raiva. Eis uma forma de se proteger, contra:

Vampiros: Ignore tudo o que falam, se você responder, lhe sugarão.

Lobisomem: A bala de prata contra a grosseria é o silêncio. Vire-se e retire-se.

Frankenstein: Contra pessoas falsas, é necessário lançar a verdade em face.

Bruxas: A magia negra não tem força contra um coração valente, ame a bruxa e trepe com ela.

Bruxos: Hipnotizadores são combatidos com piada e sarcasmo, se vacilarem, trepe com eles também.

Almas penadas: Fale alto e em bom tom, se afastarão.

Demônios: Não aceite elogios, nenhum tipo de adulação.

Depois dessas palavras, Ossain desmaterializou-se na minha frente e evaporou para longe. Disse que me ajudaria nas hortas que estou planejando e na minha nova vida, que eu não me preocupa-se com os outros... os outros não existem.




  






quinta-feira, 24 de maio de 2018

Eu vi um demônio e a essência dele era preocupação

Olá meus amados leitores!

Voltei! Então, gostaria de compartilhar com vocês uma das experiências mais estranhas que tive.

O marido de uma amiga faleceu de câncer muito recentemente. Ela me pediu para encontrá-lo e conversar com ele. Perguntar coisas simples, tipo por que desencarnou tão cedo, se sente saudades, se está bem, etc.

Aconteceu o seguinte... Numa noute apropriada eu fiz o processo para embarcar no desdobramento e ter um sonho lúcido e consciente para poder conversar com esse companheiro.

Bebi bastante e escutei música melosa, normalmente é essa combinação que o meu emocional fragilizado desdobra facilmente.

Pois bem, adormeci. Me vi numa rua urbana e deserta, tipo rua de bairro num domingo pela manhã... Muito sol, mas ninguém na rua... casas trancadas.

Eu segui caminhando pelo meio da rua. Ao longe, no final da rua, um carro preto começa a vir em minha direção. Eu estava a pé, na contra-mão do carro preto.

O veículo se aproximou e parou do meu lado. A janela desceu e um jovem ruivo, muito bonito e saudável apareceu por detrás do vidro fumê.

Ele me olhou e disso: "- amigo, estou perdido aqui, eu estou a procura da casa da fulana, vc não sabe onde é?" Eu disse que não era dali e não sabia. Mas eu reconheci, pelo nome que ele usou, que aquele era o Espírito do marido da minha amiga.

Percebi que ele ainda não tinha entendido a morte, e que considerava dia o que para nós era noite. O Espírito na minha amiga só fica liberto a noite, quando ele a encontra do outro lado pensando ser dia.

Dois senhores se aproximaram, um casal, com rostos caridosos e compassivos, pareciam conhecer ele de alguma lugar. Vestiam branco.

O rapaz acelerou e continuou procurando, até o Espírito desdobrado durante o sono da minha amiga a parecer diante de uma das casas.

Ao continuar caminhando verifiquei que senti medo. Observei o sol se esconder e grandes vultos de cachorros pretos surgirem entre os muros das casas. Continuei caminhando...

Os olhos vermelhos daqueles cachorros já eram velhos amigos meus. A medida que a rua ia encurtando, aumentavam os cachorros a me olhar e rosnar.

Começa a relampear, os clarões ao longe expõe nuvens carregadas e casas cinzentas. Ao longe, num descampado, eu vi um trono e começa a ficar muito frio. Nesse trono eu vejo um homem.

Meu espírito curioso se aproxima, e vê que o homem é na verdade feito de uma matéria preta, parecida com o piche. Gosmento e brilhoso como o petróleo, mas fétido como uma montanha de ovos podres.

Os olhos vazios desse homem me indicaram a sua forma demoníaca, olhos vazios, sem sentido... olhos ausentes de amor e paz.

A gosma preta que escorria pelas beiradas da poltrona sugeriam um estado de profunda consternação e preocupação daquele demônio.

Demorou mas percebi, preocupação era a essência daquele Espírito. Difícil descrever, mas o ser ficou tão perturbado que já não se percebia como humano, mas como preocupação pura.

O demônio só estava ali porque sentiu a perturbação do rapaz e o acompanhou.

Gente, ansiedade e preocupação atraem demônio das mais variadas espécies. Não vale a pena! Existem espíritos que se alimentam unicamente dos nossos pensamentos conturbados... por isso vibre positivo, pense em alegrias e faça de sua vida puro amor.

Ao acordar, tive três dias de profundas obsessões, fiquei muito preocupado com tudo, mas eu sabia quem estava me acompanhando... mesmo não o vendo.

Fiquem alertas! Xô preocupação!

Valeu!


 

terça-feira, 11 de julho de 2017

Andando com Jesus

Não importa qual é a tua rota, segue com Jesus.

Não confunda simplicidade com fraqueza, anda firme com Jesus.

Se as portas te parecem fechar e não mais abrir, bata como aconselhou Jesus.

O tempo te parece escaço, espera em Jesus.

Se nada mais te agrada e a vida te rouba volta a te perturbar, perdoa como Jesus.

Não seja inimigo de ninguém, perdoa os que te perseguem e verás a Jesus.

Se as tuas escolhas derem em nada, mesmo assim, continua amando como Jesus.

O teu fardo não é o mais pesado, tão pouco o mais leve.

Se fé não te ocorre, ao menos acredita que o futuro é construído hoje.

Portanto, batalha, luta, revigore-se e vença!

Não fique parado esperando as coisas acontecerem, viva, busque e tome o que é seu.

Você merece, pois está com Jesus!

Málaga.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Insatisfação

Bom dia queridos médiuns!

Hoje, um dia muito especial para todos nós, vamos lembrar da inportância do fogo da provação em nossas vidas. Buda uma vez disse: "o obstáculo é o caminho". Na ação de não agir, buscamos sempre situações que nos trazem prazer.

No entanto, quando agimos por impulso e nos colocamos na defensiva, a vida se encarrega de nos bloquear os benefícios que estão por traz das situações mais penosas. Quando adotamos deliberadamente o "sim" ao invés do não, estamos mandando uma mensagem muito útil ao Universo. Significa que estamos abertos, expostos a toda a situação e que estamos satisfeitos com o que estamos recebendo.

Mas quando cotidianamente usamos o "não", evitamos de receber a vida que a Existência prepara para nós, é como se mandássemos sinais confusos aos espaço, deixando as inteligencias sublimes confusas sobre as nossas escolhas.

Existem, portanto, situações que nos colocam naturalmente na defensiva. De alguma forma, sentimos que estamos sendo injustiçados, ou mesmo tratados da forma que não apropriada. Bom, veja só.

Recebemos exatamente o que pedimos.

Se você não se sente valorizado, é por que não se valorizou.

Logo, tudo o que existe ao seu redor, todas as coisas que cercam você e as situações em que está, são frutos das escolhas mentais que você mesmo programou.

A humildade nada tem a ver com a desvalorização de si mesmo. 

Você precisa entender isso, que a pessoa que se respeita, não permite que ninguém o desvalorize, por que não se porta para isso.
Foto
Entender que a Existência vai recriar exatamente a vibração que emitimos em nossas consciências é a chave para a mudança.

Meus amigos, o sentimento é mútuo. Jesus jamais disse que "Ele" curava, sempre afirmava, cura após cura: "A tua fé de salvou". 

Então, será que somos mesmo portadores da nossa cura quântica?

Acredite, o invisível age sobre nós de maneira muito mais eficaz do que imaginamos. 

Namastê!  

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Não escolha a dor

Todos nós sofremos, em maior ou menor grau.

O sofrimento é resultado da mente que julga, que condena, que compara. 

Se estamos vivendo momentos sensíveis, desejosos pela plenitude da satisfação e da felicidade, algo está completamente errado.

Você é feliz, você está bem.

Foto

Mas então por que parece que tudo dá errado? Que sensação estranha essa da depressão, da tristeza, da insatisfação.

Eu digo para vocês com toda a certeza, são os pensamentos e somente os pensamentos que te poem para baixo.

Os pensamentos criam atitudes que resultam em palavras e diálogos dolorosos. Mas como resolver o problema? 

Eckhart Tolle brilhantemente nos trouxe a luz:

"PARE DE PENSAR"

Exatamente! A essência da meditação é não pensar no sentido de não se apegar ou se ater ao que a mente está criando.

Não pense, limite e eduque a sua mente. Não deixe falsas impressões do mundo externo impressionar. E isso tem resultado direto na maneira como nos comportamos.

Observe-se. Se você se preocupa demasiadamente com o que os outros pensam, você está numa armadilha da mente.

Seu chefe, seus pais, seus conjugues vão pensar qualquer coisa de qualquer maneira, você não pode se tornar um escravo do que eles vão pensar ou achar de você, liberte-se!

Então, eu lhe convido! Sempre que você se sentir agoniado por algum motivo, ou mesmo sem saber o que é, tente se exercitar ficando em silêncio mental.

Acontecerá o seguinte: você deixará de dar atenção a pensamentos negativos.

Foto 

E a alegria o perseguirá como a sua sombra num dia ensolarado, nunca lhe abandonará, você estará sempre alegre. 

Não dê moral para os seus pensamentos, eles são resultados de experiências não muito agradáveis, são o resultado da sua história de vida... que pode ser até muito bonita, mas nós sabemos que existem pontos dolorosos nela. 

Pontos de experiência que são memórias dolorosas, e o pensamento, por medo de acontecer novamente se atém a essas memórias.

Daí você se lamenta, se vitimiza, começa a reclamar de tudo e para todos. 

Portando, o que está esperando, pare de pensar. Pare de calcular ganhos e perdas. Pare de projetar experiências como se você soubesse o que vai acontecer.

Veja a orientação esclarecedora do Lama Padma Samtem para começar a meditar e dê adeus a sua ansiedade e depressão, sem usar remédio algum:





Pagando pra ver

Você já se viu naquela situação que acha que está indo tudo bem, de que está ganhando e vencendo na vida e depois bem outra leva forte de sofrimento?

Isso, segundo Buda, é Dukka.

Não é um demônio específico, nem mesmo uma entidade que chega para atormentar.

Dukka é o seu lado feio.

É o seu desejo, sua ganância, sua vontade de que as coisas fossem diferentes do que realmente são.

Kardec, ao perguntar às entidades venerandas sobre os nossos "podres" supreendeu-se com a seguinte respostas:

"Tudo de ruim no ser humano, advém do interesse pessoal."

Quando você projeta as suas vontades em situações e pessoas, está oferecendo ao Universo uma receita de desastre.

É você apegado ao que chama de prazer e felicidade. Sem saber que, na verdade, isso que chama de prazer e felicidade já é você, é a sua essência.

Só o amor genuíno pode desvendar a mente do egoísta e transformá-lo em fonte inesgotável de amor. Mas observe e seja honeste cominho, você já entrou num relacionamento para ser abandonado?

Foto 

Já buscou um emprego para receber pouco? Já entou em qualquer aposta para perder? Já amou alguém consciente de que não seria recíproco?

Em resumo, já se doou sem esperar nada em troca?

Aí está. O vento não espera gratidão do seu frescor... ele apenas venta.

O sol não espera elogios para a sua luz... ele apenas brilha.

Os pássaros não querem premiassões para os seus cantos... eles apenas cantam.

Tudo na natureza cumpre uma função sem esperar nada em troca, percebe?

E você, o que tem feito naturalmente sem esperar nada em troca, ou sem interesse pessoal?

Foto 

Você tem se doado? Ou se vitimiza e se faz de "coitadinho", alegando sempre que o mundo é injusto com você.

Quando você realmente se libertar do ego e deixar as coisas serem como são, sem forçar ou tentar controlar nada, vai perceber que o amor movimentas energias e tudo o que você sempre quis estava bem próximo de você, mas o seu desejo por outra coisa afastava a sua atenção daí.

Então, porque não pagamos para ver? Vamos lá! Silenciar a mente, acalmar a alma, tranquilizar o coração e deixar as coisas sem acontecer.

Um sábio estudante de aramaico e copta, lingua antiga falada pelos hebreus em Jeruzalem, traduziram literalmente o nome do demônio que atormentou Jesus no deserto e sabe qual foi a tradução fiel da palavra:

PREOCUPAÇÃO

Baixando o nível vibratório

Bom dia mestres e mestras do Caminho!

Moléculas! Átomos e quarks. Sim, partículas, pequenas partes de nós mesmos. Cada pequena pecinha de nós mesmos vibra em diferentes velocidades. 

Vibramos numa certa sintonia. Estamos conectados com uma realidade superior que sentimos, presenciamos e, as vezes, relutamos por acreditar que somos parte dessa inteligência superior.

No nosso elevado caminho da inconsciência cósmica nos encontramos isolados energéticamente e, quando entramos em contato com outra aura, ficamos vulneráveis...

Essas energias podem estar encarnadas ou desencarnadas. Captamos por telepatia, telergia e mediunidade todas aquelas emoções tóxicas, comentários desagradáveis e desejos frustrados nos que nos cercam.

Por que vibramos com eles, sintonizamos no mesmo astral, nos conectamos a um nível vibratório. 

Mas tudo no Universo é interrelação, é relação, é interação.

O som precisa de um ouvido para se tornar audível.

A luz precisa de um olho para se tornar visível.

A palavra precisa de uma lingua para se tornar falável.

A concepção está na densidade da matéria, no corpo físico, na mente que percebe e emana opiniões e julgamentos.

Muitos espíritos desencarnados não entendem a relação, por que o ego que construiram na Terra se cristalizou de tal maneira que não conseguem enchergar além de suas identidades.

No entanto, cada molécula se auto-recupera, pois está deitada num manto de luz (Bóson de Higgs) que a sustenta e a mantém, por que sabe que a molécula a deu vida e ela dá vida de volta a molécula.

Segunda Bashar, o mesmo acontece num nível vibratório Universal. Segundo ele, o Universo se contenta em nos dar vida, por que demos vida a ele. E ele nos dá de volta a vida. 


Mas existe uma barreira entre a fé genuína e o acreditar vão da mente. A fé não precisa de evidência, a fé é uma certeza absoluta que gera e produz confiança no fluxo amoroso de Deus.

A mente é desconfiada, é da natureza da mente duvidar, questionar, interrogar e investigar...

A dúvida é a própria natureza da mente. Então, quando alguma informação ruim chega a nossa mente, normalmente entendemos que é verdadeira... por que se é tão ruim assim, só pode ser verdade... ninguém mentiria sobre algo ruim, as pessoas mentem sobre boas situações sobre si mesmas.

A mente se ilude. Ela abraça o que acredita e não entende que a vida é simplesmente observar e deixar acontecer... seguir o fluxo, compreendendo-o, aceitando-o e amando-o.